Dubai com Painéis Solares Fotovoltaicos em todas as casas até 2030

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro e vice-presidente dos Emirados Árabes Unidos, Mohammed bin Rashid Al Maktoum: todas as casas no Dubai terão painéis solares fotovoltaicos até 2030.

Esta medida faz parte do plano “Estratégia de Energia Limpa para o Dubai” e tem como objetivo tornar a cidade referência em produção de energia limpa e renovável. O objetivo passa por ter 7% de toda a eletricidade proveniente de energia limpa até 2020, 25% até 2030 e 75% até 2050.

Os paineis solares fotovoltaicos na cidade de Dubai irão gerar aproximadamente 5 mil Megawatts a mais de energia limpa até 2030.

Será ainda construído na cidade um centro de estudos gratuito intitulado Dubai Green Zone que funcionará como um laboratório para pesquisar e desenvolver novas formas de produção de energia limpa.

O plano “Estratégia de Energia Limpa para o Dubai” tem um investimento avaliado em 100 bilhões (moeda local). Este investimento inclui uma verba para financiamento de investidores na área da energia limpa (cujos juros serão bastante baixos).

Poupar o meio ambiente e os recursos naturais, desenvolver o crescimento econômico e tornar o Dubai a cidade com a menor pegada de carbono do mundo em 2050 são os objetivos primordiais e que estão por detrás deste mega plano ambiental e sustentável.

A cidade, famosa pela sua arquitetura, contará ainda com a maior central de energia solar concentrada do mundo. Até 2030 a central deve gerar 5 mil megawatts de energia.

A primeira parte do projeto instalado no parque Mohammed Bin Rashid Al Maktoum ficará concluída nos próximos cinco anos e irá gerar mil megawatts de energia. Até 2030 a capacidade será cinco vezes mais.

Esta central solar difere do sistema baseado em placas solares. Neste caso, a central de energia concentrada será um conjunto de milhares de espelhos (helióstatos) que serão controlados por computadores. Os espelhos concentram uma enorme quantidade de luz solar numa pequena área.

A irradiação da luz é transformada em eletricidade, através de uma turbina a vapor que é acionada. Os espelhos para além de concentrarem a luz solar têm ainda a capacidade de concentrar o calor aumentando em muito as condições de produção de energia.

Até a data a maior central de energia solar situa-se (ou situava-se, já que o anúncio da central solar no Dubai já correu mundo) na Califórnia, Estados Unidos da América. A central Ivanpah produz 392 megawatts.

Uma outra central solar grandiosa situar-se-á em Marrocos. A central solar Ouarzazate será inaugurada em 2020 e vai gerar 580 megawatts.